GRUPO PESTANA VAI TER HOTEL EM LUANDA-ANGOLA

O Grupo Pestana vai avançar para a construção de raiz de um hotel de cinco estrelas em Luanda, com cerca de 200 quartos e cujo investimento deverá rondar os 40 milhões de euros.«Estamos a olhar com muito interesse para Angola, porque já se sentem lá os efeitos da paz. Se Angola continuar a crescer àquele ritmo, vai haver uma evolução muito positiva no turismo», adianta Florentino Rodrigues, administrador do grupo para os projectos em África. «Visitei Luanda há três semanas e vim de lá bastante entusiasmado. Luanda está com um desenvolvimento muito grande e a precisar de oferta hoteleira.»A decisão final acerca do terreno deverá ser tomada nos próximos dois a três meses, mas o administrador do grupo frisa que este deverá «ter uma posição central dentro da cidade, porque se destina sobretudo a homens de negócios».Apesar do «boom» em Luanda, Florentino Rodrigues alerta para o risco de ocorrer o que já se vive em Maputo, capital de Moçambique: excesso de capacidade hoteleira. «Há um conjunto enorme de intenções de investimento em Luanda», faz notar. Também outros grupos portugueses, como o Vila Galé e o Espírito Santo, estão com projectos firmes de abrir hotéis em Luanda.Em Maputo, o excesso de capacidade e as reduzidas taxas de ocupação já levaram o grupo Pestana a decidir-se pela redução do número de quartos de 217 para 120 do seu Hotel Rovuma, de quatro estrelas. Já iniciada, esta reformulação do Hotel Rovuma visa libertar o quarto e o quinto pisos para escritórios, envolvendo investimentos de cerca de 215 mil euros.

Comments

Popular Posts